Este fratricídio não me interessa.

Eu estava sentada com Carla, ela me perguntou sobre meu irmão e eu disse a ela que estava tudo bem, porém a verdade é que nosso relacionamento é bélico e não nos falamos de forma decente há muito tempo. Difícil dizer qual foi o estopim para nossa guerra, talvez tenha sido a agressividade dele ou a minha inconsequência adolescente, ou os dois juntos formando uma arma letal para atirar no peito de cada um. Mas a minha inconsequência adolescente do passado nunca possuiu poder bélico, não o feria da mesma forma que a agressividade dele. Tsc. Tola arma fraca, tão inútil e temporária. A adolescência foi embora e com ela a inconsequência e quando dei por mim compreendi que acreditar que se ama alguém que na realidade se teme, é uma péssima combinação. E eu que já não tinha mais armas fiquei indefesa no meio do campo de batalha, utilizando apenas a resiliência como um colete e me escondendo em trincheiras emocionais. A arma dele nunca me matou, mas eu sentia a dor das balas no colete e quando ele cansou de atirar sem matar limitou sua agressão à violência psicológica. Nunca consegui construir para mim mesma um capacete que me protegesse contra isso, até hoje não possuo defesa mental. Mas hoje eu já não deveria precisar destas defesas pois não há mais nenhum motivo para confrontos, contudo, mantivemos os velhos hábitos de guerra, ao menos ele manteve, desferir munições tornou-se uma prática habitual, tão frequente quanto o despertar, e eu já me rendi tantas vezes que acabaram as bandeiras brancas. É exaustivo, experimentarei a catarse no dia em que tirar o peso do colete e não houver mais munições que me obriguem a isolar-me em trincheiras.

– Rejane Leopoldino

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s